Audiência pública realizada na última segunda-feira, 20/11, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, debateu a contenção e atraso de repasso de recursos pelo Estado ao Instituto de Previdência dos Servidores Militares, inclusive aqueles provenientes das contribuições patronais. Sargento Bahia, presidente da Aspra/PMBM, foi um dos convidados para discutir o tema.

16.Nov.2017 2 comentários

O presidente da Aspra/PMBM, sargento Bahia, apresentou palestra para os militares de Januária (MG) nesta quinta-feira, 16/11. Na oportunidade, foram abordados temas atuais e relevantes para a tropa. A apresentação contou com a presença da diretora regional sargento Eliene Vieira Nunes e do vice-diretor Gilvan Sales Guedes. 

O presidente da Aspra/PMBM, sargento Bahia, participou de audiência pública realizada pela Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na última terça-feira, 14/11. A sessão teve o objetivo de discutir a negativa na concessão de empréstimos consignados aos servidores públicos estaduais, civis ou militares, fundamentada em suposta inadimplência da categoria.

É que muitos servidores que contrataram esse tipo de serviço estão tendo as parcelas descontadas, mas o Governo não faz o repasse para as insituições financeiras. Assim, muitos estão negativados, apesar de terem quitado a parcela. O requerimento é do deputado estadual Sargento Rodrigues.

Em razão da não concessão de empréstimos consignados aos militares e servidores públicos de Minas Gerais e da inclusão indevida nos serviços de proteção ao crédito, sob alegação de inadimplência da categoria, o presidente da Aspra/PMBM, sargento Bahia, participará de audiência pública na próxima terça-feira, 14/11.

“     Os delegados da Polícia Federal vêm, sistematicamente, mentindo e enganando a população ao defender a PEC 412/2009 como instrumento de proteção à Operação Lava Jato.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 412/2009, além de ser anterior à Lava Jato, nada tem a ver com autonomia investigativa o que, aliás, a Polícia Federal já detém.

31.Out.2017 1 Comentário


O presidente da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares (Aspra/PMBM), sargento Bahia, vem a público esclarecer que:

1 - Conforme circula nas redes sociais, lamentavelmente houve , nesta tarde, na sede da Aspra/PMBM, um grave desentendimento entre dois diretores. 

Na última quarta-feira, 25/10, o diretor da Aspra/PMBM, cabo Fabrício Alexander, representou a Aspra/PMBM no plenário da Câmara dos Deputados. Ele participou de reunião em comissão geral para discutirr o assassinato de policiais militares e demais agentes públicos de segurança no Brasil. Durante o debate, a palavra foi aberta representantes de associações e parlamentares.

O presidente da Aspra/PMBM, sargento Bahia, recebeu uma visita de cortesia na manhã desta segunda-feira, 30/10. Associados da cidade mineira de Ituiutaba estiveram na sede social da associação, em Belo Horizonte, para conversar a respeito das demandas da região e atividades da entidade.

 

Temos 79 visitantes e Nenhum membro online


PLANTÃO JURÍDICO CRIMINAL

(31) 98711-8120

plantao juridicoCAPITAL