O ano que não pode ser esquecido: Movimento Reivindicatório de 1997 completa duas décadas
13.Jun.2017

Há exatos 20 anos teve início um dos momentos mais importantes da história de 242 anos da Polícia Militar de Minas Gerais: o Movimento Reivindicatório de 1997. Naquele dia 13 de junho, os destemidos policiais e bombeiros militares, praças em sua maioria, foram às ruas de Belo Horizonte para dar um grito de liberdade.

Eles pediam mais dignidade, valorização, respeito, melhores condições de trabalho e mais igualdade entre praças e oficiais. O sonho custou caro a 186 guerreiros, que foram expulsos da corporação e, posteriormente, reintegrados ao Corpo de Bombeiros de Minas gerais. Somente neste ano é que receberam uma anistia completa e verdadeira e possivelmente retornarão, finalmente, aos quadros da Gloriosa.

Foram muitos heróis, mas apenas um mártir: o Cabo Valério. Exemplo para todos os militares que integram ou integrarão a corporação. Fatalmente baleado durante o Movimento, Cabo Valério deu a vida por um futuro melhor para milhares de pessoas.

"A história de um homem mede-se por sua contribuição para as gerações futuras. A coragem e amor pela farda de todos nós, que participamos deste divisor de águas na história da corporação, construíram um futuro de valorização e dignidade para todos os militares de Minas Gerais. Manifestamos o nosso respeito e admiração pela bravura desses guerreiros. Esse legado pertence a vocês ", disse o presidente da Aspra/PMBM, sargento Bahia.

Para comemorar a data, a Aspra/PMBM promoverá,no próximo dia 23 de junho, um café temático, com a finalidade de homenagear os anistiados de 1997.

1 Comentário

  • Link do comentário Wilson Cláudio Oliveira Mendes 19.Jun.2017 Wilson Cláudio Oliveira Mendes

    Parabéns à Aspra pela iniciativa.

    Wilson Cláudio Oliveira Mendes, Sgt BM
    1 dos 186 Pm's expulsos devido à participação efetiva no Movimento dos Praças da PMMG de 1997

    1997, o ano que não deve ser esquecido...

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

 

Temos 20 visitantes e Nenhum membro online


PLANTÃO JURÍDICO CRIMINAL

(31) 97536-0268

plantao juridicoCAPITAL