Servidores da segurança pública estão unidos na defesa de seus direitos
20.Dez.2017

Dando prosseguimento ao movimento reivindicatório da categoria, os servidores estaduais da segurança pública de Minas Gerais fizeram mais um ato público na tarde desta quarta-feira, 20/12. A mobilização uniu policiais militares e civis, agentes penitenciários e socioeducativos, ativos e inativos e aconteceu, inicialmente, em frente ao Clube dos Oficiais da Polícia Militar, em Belo Horizonte.

Cerca de mil pessoas seguiram em passeata para a Praça da Liberdade, região central da capital mineira, entoando palavras de ordem e cobrando que o Governo do Estado dê à pasta da Segurança Pública a devida atenção.

“Estamos ombreando na luta por nossos direitos, melhores condições de trabalho e mais investimentos no setor. Há dois anos sofremos com os salários atrasados e corroídos pela inflação, sucateamento dos equipamentos, falta de efetivo e de repasse para a rede de saúde. Muitos irmãos de farda estão sendo vítimas da guerra contra a criminalidade sem o devido respaldo do Estado”, esclareceu o presidente da Aspra/PMBM, sargento Bahia.

A classe da segurança pública pleiteia o fim do atraso e parcelamento de salários; o retorno do pagamento integral no quinto dia útil; reposição das perdas inflacionárias; quitação do 13º em parcela única; repasse integral dos recursos do Instituto de Previdência dos Servidores Militares (IPSM); investimento adequado para a realização de suas atividades laborais.

“Continuamos mobilizados até que as nossas conquistas sejam restabelecidas e asseguradas. Somos nós, policiais militares, quem garantimos a governabilidade do país e a segurança da população, mesmo com o sacrifício da nossa própria vida. Exigimos e merecemos respeito”, concluiu Sargento Bahia.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

 

Temos 30 visitantes e Nenhum membro online


PLANTÃO JURÍDICO CRIMINAL

(31) 98711-8120

plantao juridicoCAPITAL